Navegação – Mapa do site

Nota prévia

Manuel Carlos Silva
p. 5

Texto integral

1Este número 8 da revista Configurações intitulado “Cultura, Tecnologia e Identidade”, sob a coordenação de Helena Machado e Ana Maria Brandão, incide sobre estudos sociais sobre a ciência e tecnologia, uma área do saber de carácter interdisciplinar para a qual a linha de investigação Cultura, Ciência e Identidade, no quadro do Centro de Investigação em Ciências Sociais (CICS), tem dado relevantes contributos. As relações entre técnica, ciência e sociedade têm estado na ordem do dia, não só nos inúmeros debates no campo das ciências sociais, como nos próprios círculos políticos e nas agendas mediáticas.

2Constatam-se enormes avanços nos processos tecnológicos incorporados nas novas formas societais e organizacionais, condicionando os actores sociais designadamente institucionais, os quais, por sua vez, co-estruturam o actual desenvolvimento desigual do capitalismo.

3A tecnologia que, imbricada na economia, era apresentada, numa certa visão marxista tradicional, como a variável determinante dos processos sociais e, em particular, dos fenómenos ditos supra-estruturais (políticos, literários, artísticos, morais e ideológicos), vem sendo, em aparente paradoxo, içada por arautos da ideologia neoliberal como uma espécie de ‘varinha mágica’ para a solução dos problemas sociais. Porém, para além desta velha e nova polémica, outras abordagens sobre ciência e técnica emergem nomeadamente por parte de perspectivas accionalistas e interaccionistas, as quais visam trazer para primeiro plano as práticas e os significados de que os actores são portadores nos mais diversos contextos sociais e políticos e nas múltiplas formas de exercício da cidadania, sem descurar as implicações de controlo e vigilância sobre os cidadãos.

4A Direcção do CICS congratula-se com a edição deste número temático de Configurações, o qual congrega prestimosas colaborações de especialistas nacionais e estrangeiros. Em termos não só empíricos como teóricos, os textos publicados neste número da revista Configurações são ricos e fecundos para os debates em torno das relações entre ciência, tecnologia e identidade, sendo o contributo específico de cada autor evidenciado pelas coordenadoras, que passam em revista as ideias-chave dos respectivos textos, o que dispensa mais comentários.

5A Comissão Científica e a Comissão Directiva do CICS visam dar corpo à ideia inicial de, na medida do possível, os números da revista serem temáticos.

6Este princípio, apresentando vantagens, é todavia contrabalançado com a edição interpolada de números intertemáticos ou mistos, tal como o próximo numero 9 de Configurações, evitando assim uma longa espera para avaliação de propostas de artigos não enquadráveis em números temáticos. Por isso, a Direcção do CICS está obviamente aberta a contributos de cientistas sociais que pretendam submeter à arbitragem científica e eventual publicação os seus textos, independentemente das chamadas temáticas.

7Por fim, resta-nos agradecer aos autores dos artigos e aos avaliadores dos mesmos o seu trabalho e colaboração e, em especial, às colegas Helena Machado e Ana Maria Brandão a esmerada coordenação deste número da revista.

Topo da página

Para citar este artigo

Referência do documento impresso

Manuel Carlos Silva, « Nota prévia », Configurações, 8 | 2011, 5.

Referência eletrónica

Manuel Carlos Silva, « Nota prévia », Configurações [Online], 8 | 2011, posto online no dia 21 Fevereiro 2013, consultado o 24 Junho 2017. URL : http://configuracoes.revues.org/861

Topo da página

Direitos de autor

© CICS

Topo da página